O que vale mais para o sucesso de uma empresa, o foco ou a versatilidade?

10/24/2017

Arquíloco de Paros foi um poeta lírico e soldado grego. Sabe-se que ele viveu na primeira metade do século VII a.C. e que foi muito comparado ao mais famoso poeta grego de seu tempo, Homero. Arquíloco é o responsável por um provérbio que vai fazer você pensar muito sobre o seu negócio: “A raposa conhece muitas coisas. O porco-espinho conhece apenas uma, muito bem.”

Ora, mas o que poetas, raposas e porcos-espinhos têm a ver com a sua empresa? Você vai ficar surpreso, mas tem, e muito! Jim Collins é um consultor americano e um dos mais respeitados pensadores do management mundial na atualidade. Em seu livro “Empresas feitas para vencer”, Collins se utiliza da metáfora de Arquíloco e faz a seguinte observação sobre os animais supracitados: A raposa, animal astuto, é capaz de criar inúmeras estratégias complexas a fim de capturar o porco-espinho. O roedor, em contrapartida, é desajeitado e anda sempre distraído. Totalmente vulnerável aos complexos ataques da raposa, certo? Não! Todas as vezes que a raposa parte para o ataque, independente do quão planejado ele seja, o porco-espinho corresponde da mesma maneira: Ele enrola-se todo, se “transformando” em uma bola de pontas afiadas. A raposa, tenta, tenta, mas acaba desistindo. Sempre!

Ok, mas o que Jim Collins quis dizer, ao buscar esta fábula na longínqua Grécia Antiga? A indagação que ele faz ao leitor, quando faz esta comparação é: Para uma empresa, o que vale mais, o foco ou a versatilidade? Apostar em algo que você sabe fazer muito bem ou em inúmeras estratégias complexas que podem dispersar o seu foco e tornar todas as estratégias praticamente nulas? Collins aposta e mostra que a grande maioria das empresas que obtiveram e obtém sucesso, têm o comportamento mais próximo ao do porco-espinho em relação à astuta raposa.

Além disso, o americano dá algumas dicas de como agir como um “porco-espinho” dentro da sua empresa. Ele sugere que você faça essas três perguntas:

  • O que gosto de fazer?

  • O que sei fazer muito bem?

  • O que posso fazer, que serei pago para?

Ao olhar este diagrama de Venn é intuitivo dizer que se deve buscar sempre a intersecção entre os três conjuntos. Você tem uma paixão, você é bom nisso e as pessoas se propõem a te pagar por isso? De acordo com Collins, provavelmente você está no caminho certo.

 

Share on Facebook
Please reload

Siga-nos!
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon

Categorias

Please reload

Tópicos recentes

Please reload

8h às 18h

Horário de atendimento

De segunda à sexta

Com o objetivo de impactar a sociedade em nossa volta, desenvolvemos empresas de Limeira e região. Para isso, oferecemos projetos de consultoria de excelência, prezando pela integração de conhecimentos de engenharia e administração e pela qualidade técnica UNICAMP.

Atendimento

(11) 98288-5079

R. Pedro Zaccaria, 1300 - Jardim Santa Luiza, Limeira - SP, 134848-350